Como levar alimentos no transporte de sua mudança?

5 nov por lidercarretoswp

Como levar alimentos no transporte de sua mudança?

Como levar alimentos na mudança

Como levar alimentos na mudança
Como levar alimentos na mudança

Um dos itens que mais dão trabalho na hora da mudança são os alimentos. É muito comum encontrar clientes que durante as mudanças não sabem como proceder, principalmente com aqueles alimentos perecíveis.

Afinal, o que fazer? Jogar fora? Doar? Levar consigo e correr o risco de estragar? Várias são as dúvidas e, por isso, a Líder Carretos e Mudanças resolveu te ajudar nessa missão, te mostrando as melhores opções que você tem para levar seus alimentos sem haver desperdício ou, então, sem estragar no meio do caminho, afinal, mesmo não fazendo compras na semana da mudança, sempre resta um ou outro alimento, não tem como fugir.

Mas então, vamos aos passos?!

Separação

Primeiramente você começará separando, em categorias, os seus alimentos. Essa separação deverá ser entre as comidas perecíveis e não perecíveis. Dentro de cada uma dessas separações você agora irá separar aqueles que estão abertos, sendo consumido, dos que estão fechados.

Nos não perecíveis fechados não há problema algum, é só pular para a próxima etapa do embalamento que dará tudo certo, já se estiver aberto você deverá fechá-los, para evitar que haja desperdícios, já que durante o processo de mudança esses alimentos sofrerão muitas com chacoalhadas, seja dentro do transporte ou no momento de locomover na mão mesmo.

Você pode fechar com uma fita isolante ou pregadores as embalagens. Em alguns casos, colocar dentro de algum recipiente também é bastante válido.

Os alimentos perecíveis fechados, caso a sua mudança não seja para um local muito distante, você não terá muitos problemas, porém quanto aos perecíveis que já estão abertos, que estavam sendo utilizados, o ideal, para que não haja estragos é você utilizar uma bolsa térmica ou então caixas refrigeradas para o transporte.

Quando a mudança for para um local muito distante, o melhor sempre será utilizar o processo, indicado anteriormente para os alimentos perecíveis já abertos, também para os que estiverem fechados, pois a temperatura elevada no transporte durante um longo período de tempo será determinante para que aquele alimento estrague.

Embalagem

Para os seus alimentos você precisará de:

  1. Caixas de papelão – Todos os alimentos não perecíveis podem ir sem problemas dentro das caixas de papelão, porém, quanto aos perecíveis fechados somente se não for uma viagem muito longa. Caso contrário o tempo e temperatura podem fazer com que seus alimentos se estraguem. E a melhor opção para os perecíveis abertos é levá-los em ambientes refrigerados, como caixas desse tipo.
  2. Potes ou recipientes com tampa – Ideal para os perecíveis abertos, dessa forma a conservação será maior e o risco de estragar ou de desperdício, bem menores. Outros tipos de alimentos que estejam abertos e com dificuldade para fechar também são válidos serem colocados em potes ou recipientes com tampa.
  3. Sacolas – Nas sacolas você pode colocar aqueles não perecíveis mais leves, que correrão riscos menores de rasgar a sacola e, assim, gerar bagunças. Lembre-se: Nas sacolas será melhor inserir os não perecíveis que estejam fechados.

Bebidas

Caso haja bebidas em sua mudança, elas também precisarão de um cuidado à parte.

Caso se trate de uma bebida aberta, o ideal é isolar utilizando esmalte natural, parafina ou fita adesiva, a mesma dica vale para perfumes e cosméticos em geral, por exemplo.

Depois de ter feito a vedação você pode embalá-los normalmente com as bebidas fechadas. Para as embalagens de vidro, como as de vinho, por exemplo, utilizar plástico bolha é uma ótima opção para evitar que se quebrem. Se não tiver plástico bolha você pode utilizar um pano mais grosso para cobri-los.

Seguindo esses passos você conseguirá levar alimentos na sua mudança sem muitas complicações e sem evitar desperdícios.

Porém, antes de finalizamos, resolvemos apresentar para você outras soluções, para caso opte por não ter tanto trabalho com o transporte dos alimentos. Segue algumas soluções para que, assim, você veja o que mais valerá a pena para você.

Solução 1 – Doar os alimentos. Você pode ir até instituições de caridade de sua cidade e doar os alimentos que tiver. Pode ser que algumas instituições aceitem somente alimentos não perecíveis, nesse caso você pode doar o restante para algum vizinho, alguém da sua família, amigos, etc. Solução 2 – Fazer as compras do último mês calculadas minuciosamente. Calcule exatamente o que irá comer em cada refeição até o dia da mudança e a quantidade que você gastará de cada alimento por dia, e só compre essa quantidade, nada a mais e nada a menos. Essa é outra opção para conseguir eliminar os alimentos de sua mudança.

Compartilhe esse artigo no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá! Bem-vindo(a) à Líder Carretos. Faça seu orçamento agora!
Powered by